hibridos

Cine Conversa #1 – Híbridos, Os Espíritos do Brasil

Retomando o projeto Cine Conversa em 2018, apresentamos o documentário longa-metragem coprodução Brasil/França, de Priscilla Telmon e Vincent Moon, no dia 3 de Abril no Teatro Aliança Francesa.

SINOPSE

O filme desvela um dos grandes assuntos da nossa geração – a espiritualidade está em voga em nossa sociedade e o seu epicentro é o Brasil. Desde a maior procissão católica do mundo a um desconhecido ritual indígena no Mato Grosso, de passes de cura em centros espíritas a novos rituais com ayahuasca em São Paulo, o documentário revela os laços fraternos entre curandeiros, xamãs, místicos, devotos e iniciados. Sem comentários, o filme é uma jornada musical através dos diversos rituais, enquanto tece, aos poucos, um novo ritual – um ritual cinematográfico.

 

 

O PROJETO

Dirigido por Priscilla Telmon e Vincent Moon, produzido pelos realizadores franceses e pela brasileira Fernanda Abreu, Híbridos é uma pesquisa etnográfica sobre a multiplicidade do mundo das cerimônias sagradas brasileiras e também sobre a linguagem cinematográfica e seu potencial poético. Composto de diferentes formatos, um complementar ao outro, o projeto ambiciona questionar nossa relação com as imagens nos dias de hoje.

A partir de uma pesquisa detalhada, foram registradas mais de 60 cerimônias diferentes pelo país afora durante os últimos 3 anos. Desde os cultos afro-brasileiros da Bahia às novas formas da Umbanda em Minas Gerais; dos rituais indígenas ancestrais no Acre aos crescentes cultos evangélicos no Rio de Janeiro, Híbridos, os Espíritos do Brasil é a maior coleção poética sobre a cultura espiritual brasileira.

O projeto trans-cinema Híbridos, os Espíritos do Brasil foi apresentado no formato Híbridos Cinema ao Vivo na abertura da semana do Vão Livre no Masp da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo 2017. No exterior, Híbridos, os Espíritos do Brasil foi apresentado na forma AO VIVO no CPH:DOX  (Copenhagen International Documentary Festival), no IDFA (International Documentary Film Festival, Amsterdam), e no MoMA (NYC, Festival DocFortnight).

 

Sobre o Longa-Metragem 

O documentário de 88 minutos transcorre na tela como poesia visual. É o primeiro longa produzido pela Feever Filmes, um hub de produtoras dirigido por Fernanda Abreu e o primeiro longa brasileiro distribuído pela Descoloniza Filmes, fundada por Ibirá Machado, em parceria com a cineasta Beatriz Seigner.

Híbridos, os Espíritos do Brasil, no formato longa-metragem, teve sua première nacional na Mostra Internacional de Cinema em São Paulo 2017 einternacional no IDFA (International Documentary Filmfestival) em novembro de 2017. O filme foi exibido durante o Festival Mimo no Rio e em Olinda. Também participou do VIII Festival Internacional Pachamama no Acre em 2017, do MUFF – Festival de Fotografia de Montevideo e do SeeyouSound (International Music Film Festival de Turim), Itália.

 

DIRETORES

VINCENT MOON

Fazendo parte da “nova geração de cineastas” segundo a Cinemateca Francesa, nascido na era digital e da internet, Vincent foi o principal diretor “Concerts à Emporter” do site La Blogothèque. O projeto online de filmes musicais de bandas indie rock e outras populares, como R.E.M, Tom Jones e Arcade Fire, revolucionou o conceito de vídeo clipes e o jeito de filmar música em todo o mundo. No Brasil, trabalhou com artistas como Gaby Amarantos, Tom Zé, Elza Soares e Ney Matogrosso. Desde 2009, Moon se dedica a seu selo nômade “Petites Planètes”. Percorrendo o mundo, com sua câmera e seu computador na mochila, faz filmes etnográficos experimentais de forma independente, registrando cenas folclóricas, músicas sagradas e rituais religiosos disponibilizados na internet pela licença Creative Commons.

 

PRISCILLA TELMON

Fotógrafa, escritora e cineasta, percorre o mundo em missões humanitárias e viagens de aventura. Membro da Sociedade de Exploradores Franceses, desde 1999 se dedica a viagens longas que combinam história e aventura, rendendo homenagens nas tradições de sabedoria e ao mistério dos países visitados. Sua paixão pela exploração e culturas antigas rendem filmes, reportagens e livros, atuando na internacional imprensa escrita, na TV e nos museus. Através de palavras e fotografias, áudios e filmes, Priscilla assina diversas reportagens e viagens sobre ecologia, os últimos nômades, rituais sagrados, xamanismo. Publicou “La Chevauchée des Steppes”, (ed. Robert Laffont), e “Carnets de Steppes”, sobre a sua travessia a cavalo durante sete meses do Kazaquistão ao Mar de Aral. Publicou ainda “Himalayas”, (ed. Actes Sud), e dirigiu o filme “Voyage au Tibet Interdit”, (Ed.MK2), sobre a sua última expedição a pé e sozinha pelo Himalaia durante seis meses.

 

FICHA TÉCNICA

Direção, Fotografia, Som e Montagem: Priscilla Telmon e Vincent Moon
Produtores: Fernanda Abreu, Priscilla Telmon e Vincent Moon
Produção: Petites Planètes, Feever Filmes e Samba Filmes
Coproducão: Gabriela Figueiredo
Produtores Associados: Nadine May & Tom Michelberger, Berlin
Julio Hey e Mário Patrocínio, Bro Cinema, Lisboa
Desenho de som e mixagem 5.1: Gustavo Loureiro

 

SERVIÇO

Cine Conversa

Dia: 03/04

Horário: 19h30

Exibição: HÍBRIDOS – OS ESPÍRITOS DO BRASIL
Brasil, França | 2017 | 88 min | DCP | Documentário
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=yTzjo1q8EZI&feature=youtu.be

Seguido de debate com a diretora Priscilla Telmon e o diretor Vincent Moon (tradução para o português disponível)

INGRESSOS

Evento gratuito, retirada de ingressos 1h antes na bilheteria do Teatro.

Teatro Aliança Francesa
Rua General Jardim, 182 (próx. Metrô República)

Informações : 11-3572.2379