Cine Conversa #4 – Inheritance

Exibição do filme "Inheritance" (Herança) dirigido por Hiam Abbas. Após o filme será realizado um debate, abordando o trabalho de Hiam como diretora cinematográfica, com participação da atriz Fernanda Azevedo, da Cia. Kiwi de Teatro.

SINOPSE


Na 4ª edição de 2018 do CINE Conversa, contaremos com a presença da atriz palestina Hiam Abbass. O filme da vez é o ‘Inheritance’ (Herança), longa lançado em 2012 e dirigido pela atriz. Nessa produção, Hiam não só leva a direção do filme, mas também participa como atriz no longa metragem.

No dia 19 de setembro, exibiremos o filme às 19h30, no Teatro Aliança Francesa. Após a exibição, faremos um bate-papo com Hiam sobre o seu trabalho como diretora cinematográfica. A convidada para conduzir o bate-papo com a diretora é a atriz Fernanda Azevedo, da Cia. Kiwi de Teatro.

Hiam Abbas é uma das grandes atrizes da atualidade, com extensa carreira de realizações em cinema, teatro e televisão. A atriz estará no Brasil para o lançamento do Festival de Arte Palestina Contemporânea no Brasil que acontecerá em novembro deste ano. A Aliança Francesa de São Paulo em parceria com a plataforma Beit21, realizará uma série de atividades, entre os dias 17, 18 e 19 de setembro, para o lançamento do Festival, dentre elas: Diálogos Transversais #9, apresentação única de ‘França Contra os Robôs e o CINE Conversa #4. Todos os eventos serão gratuitos.

 

SOBRE O FILME

Em meio ao recente conflito bélico instalado no Líbano, a família palestina chefiada por Abu Majd (Makram Khoury) está em euforia com o casamento de sua jovem sobrinha, mas nem tudo anda como o planejado: Hajar (Hafsia Herzi), a filha mais nova, causa escândalo ao revelar que ama o inglês Matthew (Tom Payne), enquanto Majd (Khalifa Natour), o filho mais velho e pai da nubente, está mergulhado em dívidas; Marwan (Ashraf Barhom) mantém acordos com os israelenses para conseguir ser eleito prefeito do vilarejo e o médico vivido por Ali Suliman cai em infelicidade ao saber que é estéril. Quando o patriarca tem uma parada cardíaca, os problemas até então velados de cada membro dessa família são expostos, levando-a a crise completa.

Sinopse
Uma família palestina mora no norte da Galileia e se reúne para celebrar o casamento de uma das filhas. Conflitos internos explodem entre membros diferentes da família. A tensão aumenta quando o pai entra em coma e fica mais próximo da morte.

Confira o trailer do filme

Héritage
(The Inheritance, Israel / França/ Turquia, 2012)

Direção | Hiam Abbass
Roteiro | Hiam Abbass, Ala Hlehel (original)
Elenco | Hafsia Herzi, Hiam Abbass, Yussef Abu Warda, Ashraf Barhom, Ruba Blal, Clara Khoury, Makram Khoury, Khalifa Natour, Tom Payne, Lina Soualem, Mouna Soualem, Ali Suliman, Ula Tabari, G. A. Wasi.

Sobre a plataforma Beit21

Coordenada por Ahmed Zoghbi, Arturo Hartmann e Geraldo Adriano Campos, a plataforma Beit21 é um projeto de mobilidade artística e cultural que visa promover a circulação de ideias e pessoas relacionadas à produção artística contemporânea no Sul global. “Desejamos criar pontes, estabelecer conexões, aproximar olhares entre artistas de diferentes regiões que enfrentam desafios na luta por direitos e por liberdade, perfurando os muros e descolonizando processos que inviabilizam o processo de colaboração artística e criação estética de forma transnacional”, afirma Geraldo Adriano Campos. “O projeto que aqui apresentamos consiste na criação, pela primeira vez no Brasil, de uma plataforma permanente voltada para a discussão sobre a produção artística palestina contemporânea, com a sensibilidade necessária para estabelecer relações entre as esferas sociopolítica e estética”, frisa Arturo Hartmann. “Temos como objetivo, com isso, propiciar olhares cruzados entre realidades sociais diferentes, América Latina e Oriente Médio, conectadas por fluxos de imigrantes e refugiados; e marcadas por formas especificas de inserção na condição global do século XXI”, finaliza Ahmed Zoghbi.

Contexto do Projeto

Em 1948, ocorreram dois eventos com significativos desdobramentos históricos mundiais: a proclamação da Declaração Universal dos Direitos Humanos pela Assembleia Geral das Nações Unidas (em 10 de dezembro) e a Nakba (catástrofe), que resultou na expulsão de cerca de 800 mil palestinos e na criação do Estado de Israel. O ano de 2018, marcado, portanto, por esta dupla efeméride, nos convida a rememorar os setenta anos da ironia da coincidência da data como emblema das contradições que alimentam os conflitos atuais. A arte palestina, que vem recebendo enorme atenção internacional nas últimas décadas por parte de festivais, museus, universidades, galerias, é definida por sua pluralidade, seja no campo das linguagens estéticas, do perfil dos artistas ou de suas temáticas. Um olhar para essa produção artística contemporânea nos revela, portanto, novas chaves de compreensão que apontam para uma das mais elaboradas facetas do debate político atual: a crítica social presente nas expressões estéticas. Mesmo com todo reconhecimento internacional, infelizmente, a América latina ainda não foi capaz de estabelecer um diálogo com esta produção artística palestina, salvo espaços pontuais de exibição cinematográfica. Todas estas características fomentam a elaboração de formas estéticas que são, ao mesmo tempo, profundamente singulares e absolutamente emblemáticas da condição política global contemporânea. Em novembro, teremos a continuidade das atividades do ano de 2018, com a realização do 48-18 – 1o Festival de Arte Palestina Contemporânea na América Latina e o lançamento inédito de uma plataforma de residências artísticas, como parte da rede internacional de residências artísticas para palestinos, lançada em Paris, em junho de 2018. A primeira edição de nosso Festival em novembro, organizado em uma perspectiva transdisciplinar, contemplará a participação de alguns dos maiores nomes da arte palestina atualmente, como os irmãos Tarzan e Arab Nasser, Kamal Aljafari, Larissa Samsour e AbdulRahman Katanani, entre outros, que, com diferentes enfoques, abordarão a questão: “O que é o contemporâneo na Palestina?”.

 

SERVIÇO

CINE Conversa #4 – ‘Inheritance’

Exibição do filme “Herança”
Após o filme bate-papo com Hiam Abbas e Fernanda Azevedo

Dia: 19 de setembro
Horário: 19h30
Duração: 88 minutos
Evento gratuito. Retirada de ingressos 1h antes.
Filme legendado em português.
Tradução simultânea para o português e tradução em Libras durante o bate-papo.
Local: Teatro Aliança Francesa
Sujeito à lotação da casa (224 lugares).

INGRESSOS

Evento gratuito.
Retirada de ingressos 1h antes do início do evento na Bilheteria do Teatro. Limitado a 2 ingressos por pessoas.